segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Minhas mãos tremem só de pensar em poder estar ao seu lado. Tenho que confessar a vida está brincando comigo. Eu que tanto falava que o amor não existia, que ele era psicológico estou aqui, tremendo de amores. Amando a pessoa que eu mais confio. Que sempre foi meu melhor em tudo, melhor amigo, melhor conselheiro. Mais nunca vai ser meu melhor amor. Pois nunca fui a melhor pra ele, sempre fui mais uma. Um dia ainda vou criar coragem e te dizer isso. Olhar em seus olhos e contar que meu coração bate mais forte, que bate mais forte por ele. Que eu daria minha vida, meu ar e meu chão pra te ver sorrir.

2 comentários:

  1. ainda estou sem palavras. quando eu me recuperar, eu te conto se eu gostei ou não.
    bjo,
    Lee.

    ResponderExcluir

Rabiscaram o post (: